Resenha – A Onda: A Contaminação Fascista

onda01

Ano de 1945, suicídio de Adolf Hitler e rendição do exército alemão trazendo ao fim a segunda guerra mundial e a ditadura nazista, muitos acreditam que nos dias atuais seria impossível o retorno de tal modelo ditatorial, bem é o que eles acham né? O filme A onda trás para os telespectadores um alerta sobre a possibilidade de retorno de um regime ditatorial mesmo com o conhecimento do passado.

A história ocorre na Alemanha dos dias atuais em um colégio secundarista, onde o Professor Rainer Wenger (Jünger Vogel) é colocado para ministrar a disciplina de autocracia no colégio mesmo contra sua vontade, o grande desafio do professor é como ensinar um tema cujos jovens alemães já estão estagnados de ouvir a respeito.

onda02

A forma utilizada por ele para ensinar sobre autocracia é o fator crucial do filme, após alguns minutos em sala de aula ele decide criar um governo fascista dentro da sala de aula onde ele é o líder, e começa a partir daí um conjunto de mudanças como roupas iguais para o grupo, um comprimento especifico para os membros desse regime nomeado “A onda” que afetam a vida de muita gente dentro e fora de sala de aula.

Com o tempo essas mudanças afetam os alunos e eles começam a agir como um grupo fechado onde somente aqueles que se adequaram as mudanças exigidas pelo professor estão inseridos e os que não se submetem a essas mudanças sofrem as consequências do seu ato.

a-onda

O que começa como uma forma de divertida ensinar, começa a tomar proporções inesperadas que podem levar a um fim desastroso e em vista disso o professor tenta por um ponto final nessa aula no entanto pode ser tarde demais.

O fim dessa história trás a nós telespectadores uma ótima reflexão sobre acontecimentos políticos da atualidade além de um medo real de que pesadelos do passado possam vir a retornar em um futuro próximo. Nos fazendo repensar muitos de nossos princípios.

01

O filme que contou com orçamento intermediário, possui atuações medianas e cenários simples mas seu grande chamariz é o seu roteiro e o fato de ser uma obra baseada em fatos reais que trazem muitas reflexões.

onda

Por fim o filme “A onda” na minha humilde opinião merece muito mais holofotes do que ele de fato recebeu até hoje, sua história apesar de não ser contada como um blockbuster tem seu valor e deveria recebe maior divulgação.

d50ace0c29db9ed14b87bbbc3592d4ac_xl

Ficha técnica:

Título: A Onda

Título original: Die Welle

Direção: Dennis Gansel

Elenco: Dennis Gansel, Jürgen Vogel, Max Riemelt, Jennifer Ulrich

Gênero: Drama, Suspense

Duração: 107 minutos

Data de lançamento no Brasil: 21 de agosto de 2009

 

Carlos Eduardo Lopes Santos

Carlos Eduardo Lopes Santos

Morcególogo, aprendiz de Batsuman, nerd e um grande fã da queridissima sétima arte :).
" God save the Kingo of the Noth!!!!"
Carlos Eduardo Lopes Santos

Últimos posts por Carlos Eduardo Lopes Santos (exibir todos)

  • Darley Santos

    Assisti esse ótimo filme, tem o mérito de explicitar os mecanismos psicológicos subjacentes à conformação social nos regimes totalitários. Curioso que foi baseado em uma experiência real realizada numa escola americana da Califórnia, confere? É, quem conhece a natureza do totalitarismo teme o seu retorno como se o mesmo estivesse à espreita, caçando só uma brecha para poder emergir novamente…