73 – Quando a Internet Era Tudo Mato

imagemdestacada_167Arriba Chicos!

Muitos de vocês podem não se lembrar, mas antes de termos internet como é hoje, éramos obrigados a nos contentar com a internet discada, que tinha uma excelente velocidade de 56k (aproximadamente 1% da velocidade que temos hoje). E o episódio de hoje é sobre essa época tenebrosa, onde demorávamos 2 minutos para baixar uma imagem e 200 minutos para baixar uma música.

E para nos auxiliar nesse tema nostálgico, tivemos a participação de Alysson Guedim do Fliperama de Boteco!

E nosso amigo Jão, possui uma lojinha com suas ilustrações! Acessem aqui e usem o cupom CHICOFRIENDS para conseguir um desconto!

E um agradecimento mais do que especial para nossos colaboradores do Padrim: Rogério B. de Miranda, Juliano Teles, Jaiso Guilherme, José Guilherme, Claudio Picoli Cezini, Dalton KBSA, Olavo Montenegro, Thais Bracho, Wellington Macgaren, Julian Catino, Jack Tequila, Eduardo Cosso, Ana Paula Funke, Thaineh Souza, Gleibson Gregorio da Silva, Liliam de Oliveira, Willyan da Silva Cavalcanti, Rodrigo Carneiro, Yuri Braule de Paula Weiss, Renan Fellipe Custódio Pessoa, Fabio Pardal, Rogeryo Rooseveltt, Karol Moura! Vocês são as coisas mais lindas desse mundo!


Ouvir Online

Download (Clicar com o botão direito e escolher a opção “Salvar Link Como”):


Compre Nossas Canecas!

Canecas do Los Chicos

caneca_1 caneca_2 caneca_3


Links Comentados no Episódio

Loja de Desenhos do Jão

PontoJão

Fliperama de Boteco



Clã dos Herois Giges

Concorra a esse belo game! Para isso basta curtir e retweetar o tweet abaixo:


Assista o quarto episódio do Chico Play!


Colabore com nosso Padrim!

Para críticas, sugestões ou elogios, entre em contato conosco: contato@podcastloschicos.com.br

Entre em nosso grupo do Telegram: telegram.me/PodcastLosChicos

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/podcastloschicos

Confira também nosso grupo no Facebook: www.facebook.com/groups/podcastloschicos

Siga-nos no Twitter: @podcastloschico

E no Instagram também!

E confira também nosso canal no Youtube!

Bruno Audi

Bruno Audi

Criador de trocadilhos e piadas ruins. Terceira pessoa mais sem graça do Brasil. Podcaster no Los Chicos, viciado em games e filmes de terror. Pretendo estar vivo até o final de One Piece e Game of Thrones.
Bruno Audi
  • Cleber Segundo

    Que passa Chicos!!!!

    Ouvindo o podcast me fez lembrar de muitos momentos com a internet discada.

    Me lembro até hoje dos prejuízos nas contas telefónicas. Afinal um pulso era só nas madrugadas e meus filhos que pelos anos 90 eram uma dupla de bagunceiros entravam na internet a qualquer hora e isto gerava uma contagem de pulsos muito grande. A solução foi colocar um programinha no computador que burlava este sistema. Um colega de trabalho que trabalhava no CPD da empresa foi lá em casa instalar no PC.

    Usei muito o Altavista para fazer minhas buscas na internet e visitar sites em pesquisa de tudo. Usava mais o Email para jogar RPG com o sistema de Play-by-mail onde mandávamos nossas ações e esperávamos a resposta.

    E ri com voces contando como usavam os chats parea falar com as garotas e lembrei que quando era adolescente nos anos 70 usávamos cartas para fazer o mesmo. Primeiro comprávamos uma revistinha de mulheres peladas, haviam muitas. Depois publicávamos no setor de contatos da revista nosso nome e endereço (O nome sempre era ficticio) e ai esperávamos alguma garota mandar uma carta ( Acho que em alguns casos eram até homens tarados), Ali a pessoa descrevia quem era e com era fisicamente ( muita mentira estava ali) ai voce respondia com mais mentira ainda, se desse sorte ia vir umas cartas com muita coisa de safadezas escritas. Lembro bem que me correspondi com uma garota de uma cidade proxima a minha e resolvi ir até o local para conhecer (Claro sem avisar a pessoa em questão), chegando lá o local era um bordel (brega como chamamos aqui). Não cheguei a entrar, mais confirmei que tudo o que escrevíamos nas cartas era a mais pura mentira.

    Enfim era desta maneira que usávamos as comunicações nos anos pré internet, muito do que se usa na internet foi adaptado do cotidiano do ser humano no dia a dia.

    Até a proxima, e a leitura dos Emails ficou bem melhor com uma voz feminina firme e forte que coloca os rapazes no lugar deles.

  • Cristiana Bruno

    Olá chicosos
    Eu não sei mesmo como seria minha vida sem a internet discada kkk
    Ha 20 anos atrás fiquei noiva de um cara que conheci no bate papo terra( RJ 18/25 anos). Ficamos 6 anos juntos.
    Desde então quase todos meus relacionamentos ( amigos e namorados) foram via internet.
    As coisas eram mais lindas nessa época. Os grupos de conversa do MSN eram ótimos, tinha a função ” baile de máscara ” onde todos ficavam anônimos por 1 minuto. Era a hora onde ninguém era de ninguém.
    Em 2000 eu conectei a discada no trabalho que tinha acabado de entrar. Esqueci o final de semana todo. Segunda quando vi o número de tempo, vi a merda que tinha feito. Arrumei uma desculpa e pedi as contas. Na época teria dado aproximadamente 50 reais. No mesmo ano comprei uma geladeira por 120 reais. Já da pra ter uma ideia do valor dessa conta kkkk
    Sobre o yahoo, não importa a sua dúvida em 2018. Em 2004 alguem já perguntou isso no yahoo respostas.
    Email eu recebia todas as semanas do cara que fazia a edição da revista sexy. Então via as fotos de todas as bbbs que mostravam a xana kkkk.
    Eu não conhecia o assustador, mas o cabuloso me traumatizou lindamente. Inclusive as fotos dos mamonas assassinas.
    O mais sensacional nessa época , era que a gente acreditava que um vírus podia explodir sua maquina kkkk
    Bjus amores

  • Rogério B de Miranda

    Muitas lembranças dessa época. Tomei muito esporro de minha mãe que achava que eu estava gastando milhões, mesmo no horário de somente um pulso cobrado.
    Fiz muitas amizades nessa época, fui até São Paulo conhecer uma menina, vi várias edições da revista da coelhinha.
    Tinha um papel impresso em impressora matricial de meninas dessa dileta revista rs
    Agora já imaginaram se tivesse de baixar podcast naquela época?
    Ri muito, obrigado por me trazer doces lembranças.